sábado, 3 de setembro de 2016

Pureza

Adorei a frase
que o Mundo se revista de pureza




...arrancares do meu peito tão grande amor...



Perder-te é tão só e simplesmente
arrancares do meu peito tão grande amor
meu sangue escorre em ferro quente
antes a morte que tanta dôr!

Ai se pudesse então voltar atrás
pungir-me do óleo da pureza
amor que foi que agora jáz...
não tinha agora esta tristeza!



quinta-feira, 25 de agosto de 2016

...Quem de si sente que perdeu A alma p'ra os ter!



Feliz Dia para Quem É


Feliz dia para quem é
O igual do dia,
E no exterior azul que vê
Simples confia!

Azul do céu faz pena a quem
Não pode ser
Na alma um azul do céu também
Com que viver

Ah, e se o verde com que estão
Os montes quedos
Pudesse haver no coração
E em seus segredos!

Mas vejo quem devia estar
Igual do dia
Insciente e sem querer passar.
Ah, a ironia

De só sentir a terra e o céu
Tão belo ser
Quem de si sente que perdeu
A alma p'ra os ter!

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

SOBRE AS MENTIRAS

As mentiras podem destruir nossas vidas para sempre.






Há quanto tempo...


Meus estimados leitores.
Não tenho publicado nos últimos tempos porque estive doente. Trarei novidades. Obrigada por acompanharem os meus blogues e essencialmente este, uma vez que as palavras traduzem os sentimentos , os sonhos, e as fantasias poéticas.
felicidades para todos.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Solidão


Não há solidão mais triste do que a do homem sem amizades. A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto.
Francis Bacon

A pior solidão que existe é darmo-nos conta de que as pessoas são idiotas.
Gonzalo Torrente Ballester

Todo o inferno está contido nesta única palavra: solidão.
Victor Hugo

sexta-feira, 27 de março de 2015

E assim como a primavera, eu me deixei cortar para vir mais forte...



Se não tivéssemos inverno, a primavera não seria tão agradável: se não experimentássemos algumas vezes o sabor da adversidade, a prosperidade não seria tão bem-vinda.
Anne Bradstreet

terça-feira, 17 de março de 2015

Se tu viesses ver-me...e reconhecer teus erros


Se Tu Viesses Ver-me...

Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,

A essa hora dos mágicos cansaços,

Quando a noite de manso se avizinha,

E me prendesses toda nos teus braços...



Quando me lembra: esse sabor que tinha

A tua boca... o eco dos teus passos...

O teu riso de fonte... os teus abraços...

Os teus beijos... a tua mão na minha...



Se tu viesses quando, linda e louca,

Traça as linhas dulcíssimas dum beijo

E é de seda vermelha e canta e ri



E é como um cravo ao sol a minha boca...

Quando os olhos se me cerram de desejo...

E os meus braços se estendem para ti...



Florbela Espanca, in "Charneca em Flor"

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

se escolher o amor com ele você conquistará o mundo


PENSAMENTOS

Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor...Lembre-se. Se escolher o mundo ficará sem o amor, mas se escolher o amor com ele você conquistará o mundo.
Albert Einstein

Não ame pela beleza, pois um dia ela acaba. Não ame por admiração, pois um dia você se decepciona. Ame apenas, pois o tempo nunca pode acabar com um amor sem explicação.
Madre Teresa de Calcutá

A grandeza vem não quando as coisas sempre vão bem para você, mas a grandeza vem quando você é realmente testado, quando você sofre alguns golpes, algumas decepções, quando a tristeza chega. Porque apenas se você esteve nos mais profundos vales você poderá um dia saber o quão magnífico é se estar no topo da mais alta montanha.
Richard Milhous Nixon

O melhor sentimento do mundo é ver alguém sorrir e saber que você é o motivo.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

BORBOLETA AIROSA



Nunca deixarei de ser uma borboleta airosa que se passeia por entre as brisas atá pousar na felicidade

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

...e esperança suficiente para fazê-la feliz.





Sou o que quero ser, porque possuo apenas uma vida
e nela só tenho uma chance de fazer o que quero.
Tenho felicidade o bastante para fazê-la doce, dificuldades para fazê-la forte,
Tristeza para fazê-la humana e esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas,
elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Acordo sem minha cama desfeita do nosso amor... Do teu olor... Do teu aconchego...



Levaste contigo nossos sonhos embalados no vento que passa...
Esvoaçam por outros rumos meu amor...
Esvoaçam as tardes de prazer dos verões quentes e da brisa do mar...
Passeios eternos de felicidade e amor...
Tua lareira acesa,quente, com os prazeres do calor e nossos desejos infinitos... Levaste meu amor!
Acordo sem minha cama desfeita do nosso amor...
Do teu olor...
Do teu aconchego...
Da nossa cumplicidade única!
Estou vazia...
As lágrimas correm a fio na minha tez que envelhece a cada segundo da tua ausência!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Felicidade



Não somos eternos,apenas efémeros numa vida já mais curta.. Só a felicidade pode eternizar-se nesse pouco tempo tão efémero como gota de orvalho que se esvai e o dia leva devagar...Porquê interrompê-la por momentos que em nada nos fazem crescer como homens e mulheres e nos devassam a felicidade que podiamos ter?

sexta-feira, 18 de julho de 2014

...desprotegida de amor...


O DESPREZO

O desprezo é uma pílula amarga, que se pode engolir, mas que se não pode mastigar sem fazer caretas.
Jean Molière

"Os que desprezam os pequenos acontecimentos nunca farão grandes descobertas. Pequenos momentos mudam grandes rotas."
Augusto Cury

Eu sou o corpo Raquítico que o teu olho desprezou sou a saliva das bocas que tua boca beijou sou o velho que pede esmola sou a criança que chora desprotegida de amor.
Raul Seixas

" Somente o tempo diz, que confiança é vidro, que ganância é pedra, que desprezo é arrependimento, que ilusão é tombo, que mentira é espelho."
Edson Rufo

Dizem que, quando se olha para alguém e desprezam a sua existência, seu olhar se torna mais gélido que uma longa tempestade no mais longo inverno.
Naruto

sábado, 12 de julho de 2014

Luis meu amor...A tua lua ao anoitecer...


Amor

Se eu fosse um anjo
estaria sempre ao teu lado.
Seria o teu sol da manhã para te aquecer
num dia de inverno...
A fresquidão das águas para te refrescar
num dia quente...
A tua lua ao anoitecer....
Se eu fosse um anjo
vigiva teu sono todos os dias,
ao som das baladas dos anjos...
para te serenar
beijava teu rosto e dizia:
-Dorme bem meu amor...estou contigo!
Amo-te!

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

...É hoje e sempre o meu amor galante,....


SONETO CV

Não chame o meu amor de Idolatria 
Nem de Ídolo realce a quem eu amo, 
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo. 
É hoje e sempre o meu amor galante, 
Inalterável, em grande excelência; 
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença. 
'Beleza, Bem, Verdade', eis o que exprimo; 
'Beleza, Bem, Verdade', todo o acento; 
E em tal mudança está tudo o que primo, 
Em um, três temas, de amplo movimento. 
'Beleza, Bem, Verdade' sós, outrora; 
Num mesmo ser vivem juntos agora

..........

De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou.

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

...sem álamos, sem luas....




....E de súbito desaba o silêncio.
É um silêncio sem ti,
sem álamos,
sem luas.


Só nas minhas mãos
ouço a música das tuas.

........

Eu não sei sei senão amar-te....

....Continuo a ser a humilde "BORBOLETA AIROSA"

Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...

O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia; tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar...
.....................

Eu não sei senão amar-te,
Nasci para te querer.
Ó quem me dera beijar-te,
E beijar-te até morrer.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Boas Festas e Feliz Ano Novo

A todos os meus leitores desejo boas festas e um ano novo com muitas felicidades

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

...E queima e mata, tanto martiriza!…




A todos os bombeiros que arriscam e perdem tantas vezes a sua própria vida como tem sido infelizmente em Portugal aqui deixo em forma de homenagem um poema de Hermínio Cunha Marques de Carregal do Sal retirado em (http://www.faroldanossaterra.net/) que este ano já viu perecer alguns filhos da sua terra muito jovens que perderam as suas vidas no combate as chamas.Hoje foi mais um jovem que faleceu! A todos os familiares e amigos aqui ficam os meus pêsames.


BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS TAMBÉM CHORAM


Se negro fumo ao longe se divisa
Como nuvens cobrindo o horizonte,
Há nos povos o medo ali defronte
E a ajuda dos Bombeiros é precisa!…
.
Porque o fogo cruel tanto horroriza
E avança traiçoeiro, vale e monte,
Tudo destrói, sem armas que o confronte,
E queima e mata, tanto martiriza!…
.
E ao lembrar, da coragem que dimana,
Vidas perdidas, nesta luta insana,
Como a CÁTIA e outros que memoram,
.
Ao deixá-los na mágoa que deprime,
Ante o gesto fraterno e tão sublime,
BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS também choram!…
.
31-08-2013
Hermínio Cunha Marques

quinta-feira, 25 de julho de 2013

O Amor- próprio e egoísmo humano





















O amor-Próprio como Fonte de Todos os Males. É preciso não confundir o amor-próprio e o amor de si mesmo, duas paixões muito diferentes pela sua natureza e pelos seus efeitos. O amor de si mesmo é um sentimento natural que leva todo o animal a velar pela sua própria conservação, e que, dirigido no homem pela razão e modificado pela piedade, produz a humanidade e a virtude. O amor-próprio é apenas um sentimento relativo, factício e nascido na sociedade, que leva cada indivíduo a fazer mais caso de si do que de qualquer outro, que inspira aos homens todos os males que se fazem mutuamente, e que é a verdadeira fonte da honra.
Bem entendido isso, repito que, no nosso estado primitivo, no verdadeiro estado de natureza, o amor-próprio não existe; porque, cada homem em particular olhando a si mesmo como o único espectador que o observa, como o único ser no universo que toma interesse por ele, como o único juiz do seu próprio mérito, não é possível que um sentimento que teve origem em comparações que ele não é capaz de fazer possa germinar na sua alma.

Pela mesma razão, esse homem não poderia ter ódio nem desejo de vingança, paixões que só podem nascer da opinião de alguma ofensa recebida. E, como é o desprezo ou a intenção de prejudicar, e não o mal, que constitui a ofensa, homens que não se sabem apreciar nem se comparar podem fazer-se muitas violências mútuas para tirar alguma vantagem, sem jamais se ofenderem reciprocamente. Numa palavra, cada homem, vendo os seus semelhantes apenas como veria os animais de outra espécie, pode arrebatar a presa ao mais fraco ou ceder a sua ao mais forte, sem encarar essas rapinagens senão como acontecimentos naturais, sem o menor movimento de insolência ou de despeito, e sem outra paixão que a dor ou a alegria de um bom ou mau sucesso.

Jean-Jacques Rousseau, in 'Discurso Sobre a Origem da Desigualdade'

sexta-feira, 15 de março de 2013

A importância de uma pessoa

Descobrimos a importância de uma pessoa após a conhecermos melhor. Se deixou de ser importante para nós foi pela comparação de outra importância superior.

(Minha autoria)


Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. O que confesso não tem importância, pois nada tem importância. Faço paisagens com o que sinto {…} De resto, com que posso contar comigo? Uma acuidade horrível das sensações, e a compreensão profunda de estar sentindo…Uma inteligência aguda para me destruir, e um poder de sonho sôfrego de me entreter…”

(Fernando Pessoa)


"...que a importância de uma coisa não se mede com fita métrica nem com balanças nem barômetros etc. Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós."

(Manoel de Barros)


As vezes as pessoas dão mais importância para um inimigo do que para os verdadeiros amigos.

(Gabriel Dias)


sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

...para produzir milhões de sorrisos...

Se temos de esperar,
que seja para colher a semente boa
que lançamos hoje no solo da vida.
Se for para semear,
então que seja para produzir
milhões de sorrisos,
de solidariedade e amizade.

...E muito amor


sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Pensamentos

Se uma pessoa diz a outra que a ama, a própria linguagem supõe a expressão "para sempre". Não tem sentido dizer: - Amo-te, mas provavelmente só durará uns meses, ou uns anos, desde que continues a ser simpática e agradável, ou eu não encontre outra melhor, ou não fiques feia com a idade. Um "amo-te" que implica "só por algum tempo" não é um amor verdadeiro. É antes um "gosto de ti, agradas-me , sinto-me bem contigo, mas de modo algum estou disposto a entregar-me inteiramente, nem a entregar-te a minha vida".
(Mikel Santamaría Garai)

Mesmo que tenhas dez mil plantações, só podes comer uma tigela de arroz por dia; ainda que a tua casa tenha mil quartos, nem de dois metros quadrados precisas para passar a noite.
(Provérbio chinês)

Único erro verdadeiro é aquele com o qual nada se aprende.
(J. Powell)

Todos os belos sentimentos do mundo pesam menos que uma única acção amigável.
(J. R. Lowell)

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Propago a minha nudez na tua Lua...

Propago a minha nudez na tua Lua
sobre um manto de águas frescas e puras
cabelos soltos ao vento... Da tua brisa morna
suavemente,...Pouso minhas mãos no teu semblante mágico
redondo e cósmico
Deixo-me estar assim....assim...
Até me deixares entrar de vez no teu paraíso celestial!

Alma gémea de minha'lma,...És meu tesouro infinito,...

"Alma
gémea de minha'lma...
flor de luz de minha vida....
Sublime estrela caída...
das belezas da amplidão
Quando eu errava no mundo...
triste e só, no meu caminho,
Chegaste, devagarinho,
E encheste-me o coração....
Vinhas na bênção das flores
Da divina claridade,
Tecer-me a felicidade
Em sorrisos de esplendor!!!
És meu tesouro infinito,
Juro-te eterna aliança,
Porque sou tua esperança,
Como és todo meu amor!
Alma gémea de minha'lma,
Se eu te perder algum dia...
Serei tua escura agonia,
Da saudade nos seus véus...
Se um dia me abandonares,
Luz terna dos meus amores,
Hei de esperar-te, entre as flores
Da claridade dos céus."

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Sou feita de plumas de luas e mar...


Sou feita de plumas de luas e mar
sou asas brilhantes de doce raiar
Sou frágil poeta de amor para dar
sou deusa perdida para te encontrar
sou braços abertos para te abraçar
a palavra bendita para rimar
o fim do poema para terminar...


Sou feita de plumas de luas e mar
sou mel de ternura de certa bravura
..............
sou asas abertas para te abraçar







sábado, 12 de janeiro de 2013

Amo-te e pronto!

Amo-te e pronto!

Amo teu corpo
Amo teus defeitos
Amo tuas virtudes...
Amo-te todo num só...tu!
Amo-te e pronto!

Dedico-te este poema de Vinicius de Morais

Soneto do Amor Total

Amo-te tanto, meu amor ... não cante
O humano coração com mais verdade ...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

...Quase todas as palavras ...Precisam de ser limpas e acariciadas:

O Limpa-Palavras

Limpo palavras.
Recolho-as à noite, por todo o lado:
A palavra bosque, a palavra casa, a palavra flor.
Trato delas durante o dia
Enquanto sonho acordado.
A palavra solidão faz-me companhia.
Quase todas as palavras
Precisam de ser limpas e acariciadas:
A palavra céu, a palavra nuvem, a palavra mar.
Algumas têm mesmo de ser lavadas,
É preciso raspar-lhe a sujidade dos dias
E do mau uso.
Muitas chegam doentes,
Outras simplesmente gastas, estafadas,
Dobradas pelo peso das coisas
Que trazem às costas.
A palavra pedra pesa como uma pedra.
A palavra rosa espalha o perfume no ar.
A palavra árvore tem folhas, ramos altos.
Podes descansar à sombra dela.
A palavra gato espeta as unhas no tapete.
A palavra pássaro abre as asas para voar.
A palavra coração não pára de bater.
Ouve-se a palavra canção.
A palavra vento levanta os papéis no ar
E é preciso fechá-la na arrecadação.
No fim de tudo, voltam os olhos para a luz
E vão para longe,
Leves palavras voadoras
Sem nada que as prenda à terra,
Outra vez nascidas pela minha mão:
A palavra estrela, a palavra ilha, a palavra pão.
A palavra obrigado agradece-me.
As outras não.
A palavra adeus despede-se.
As outras já lá vão, belas palavras lisas
E lavadas como seixos do rio:
A palavra ciúme, a palavra raiva, a palavra frio.
Vão à procura de quem as queira dizer,
De mais palavras e de novos sentidos.
Basta estenderes um braço para apanhares
A palavra barco ou a palavra amor.
Limpo palavras.
A palavra búzio, a palavra lua, a palavra palavra.
Recolho-as à noite, trato delas durante o dia.
A palavra fogão cozinha o meu jantar.
A palavra brisa refresca-me.
A palavra solidão faz-me companhia.

sábado, 22 de dezembro de 2012

quando te vi amei-te....

Excertos de poesias e pensamentos


Quando te vi amei-te já muito antes.
Tornei a achar-te quando te encontrei.
Nasci pra ti antes de haver o mundo.
Não há cousa feliz ou hora alegre
Que eu tenha tido pela vida fora,
Que o não fosse porque te previa,
Porque dormias nela tu futuro.

Fernando Pessoa
......................

Nascemos para amar; a Humanidade

Vai, tarde ou cedo, aos laços da ternura.

Tu és doce atractivo, oh fermosura,

Que encanta, que seduz, que persuade.

Quantas vezes, Amor, me tens ferido!

Quantas vezes, Razão, me tens curado!

Quão fácil é de um estado a outro estado!

O mortal sem querer é conduzido!

Nos torpes laços de beleza impura

Jazem meu coração, meu pensamento...
Bocage

Manuel Maria Barbosa Du Bocage
.....................................

Ninguém sente em si o peso do amor que se inspira e não comparte. Nas máximas aflições, nas derradeiras do coração e da vida, é grato sentir-se amado quem já não pode achar no amor diversão das penas, nem soldar o último fio que se está partindo. Orgulho ou insaciabilidade do coração humano, seja o que for, no amor que nos dão é que nós graduamos o que valemos em nossa consciência..

Camilo Castelo Branco

sábado, 15 de dezembro de 2012

"Quem abre o coração ao amor semeia amor."...

A MINHA MENSAGEM DE NATAL

É preciso ter coragem para ser feliz.
Acreditar que tudo pode ser diferente e não ter vergonha dos erros,não ambicionando repeti-los.
É preciso ter humildade para aceitar as diferenças das outros em prol do nosso crescimento e do outro.
É preciso abrir o coração com a doçura necessária.
à entrada do amor dos outros com alegria.
"Quem abre o coração ao amor semeia amor."
É preciso ter consciência que não há seres perfeitos.
"A perfeição conquista-se com dedicação e preserverança"

Feliz Natal

sábado, 17 de novembro de 2012

Invento-me...Para que na floresta da vida,..te possa encontrar...

INVENTO-ME

Invento-me neste desejo de te abraçar...
Invento-me hera, planta trepadeira,
agarro minhas gavinhas,
minhas expansões, com força,
em tuas estacas, para me poder à terra fixar...


Invento-me abelha, insecto,
Apenas para invadir a tua flor,
Que nasceu de meu desejo,
Para em teu mel, esse néctar,
a minha sede eu poder saciar...


Invento-me leoa perdida de seu cio,
À procura de um trilho, um sinal, rasto teu,
Para que na floresta da vida,
Eu te possa encontrar...


Invento-me vento, nortada, brisa, aragem,
Para de forma empolgada,
Agitar teu rio, ondular teu mar...


Invento-me, nestas todas metamorfoses
de ser eu própria, que trago silenciadas no meu espírito,
E ensaio-me assim, neste ser,
Nestas mil formas adoptadas,
Só porque te encontro ao inventar-me,
Mas porque te invento somente a ti!

sábado, 22 de setembro de 2012

...quanto mais no alto ando voando,acordo do meu sonho... E não sou nada!...

VAIDADE

Sonho que sou a poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!


Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher todo o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!


Sonho que sou Alguém cá neste mundo...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada!


E quanto mais no céu eu vou sonhando,
E quanto mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho... E não sou nada!...